Publicado por: joaobdr | 10/12/2011

“Proteja-Me Do Que Eu Quiser…”

Bonsoir!

Bom, mais um dia 10 de dezembro chega, e é hora de homenagear aquele que é uma de minhas maiores influência no mundo da música: Brian Molko, vocalista e guitarrista da banda Placebo! *-*

Desta vez, estou postando aqui uma versão que eu fiz para uma música do Placebo, chamada “Protect Me From What I Want”, do álbum “Sleeping With Ghosts”, de  2003. Essa canção, a meu ver, relata a posição de alguém que já viveu uma grande paixão, além de vários excessos, festas e tudo o mais, mas que agora leva uma vida solitária e, mesmo indo a festas, continuando com seus excessos, e voltando tarde para casa, já não possui mais aquela pessoa pra quem voltar. E essa pessoa retorna à sua casa, à sua vida medíocre que já não tem mais o mesmo sentido, e fica a observar o tempo passar, e os seus desejos a consumi-lo aos poucos…

Também houve uma versão em francês chamada “Protége-Moi”, que talvez seja a mais conhecida, especialmente na França (óbvio) e Bélgica, por ter sido executada no primeiro DVD ao vivo da banda, e por ganhar um vídeo-clipe polêmico (um verdadeiro curta pornô!), dirigido pelo, não menos polêmico, Gaspar Noé, do controverso “Irreversível” (Irréversible, no original).

E, para comemorar os 39 anos de Brian Molko, aí vai a minha versão em português dessa dramática canção!

“Proteja-Me Do Que Eu Quiser (Protect Me From What I Want)”
[Brian Molko, Stefan Olsdal, Steve Hewitt. / Versão: João Dias]

É o mal estar do momento
Destruindo nossos sentimentos
Trazendo tantos pensamentos
Que o tempo não irá apagar

Os olhos se fecham de repente
Fantasmas surgem em nossas mentes
Assombrando-nos permanentemente
Neste buraco que é o nosso lar

Proteja-me do que eu quiser
Proteja-me, proteja-me
(Proteja-me, proteja-me)

Vítimas de nosso tempo
Lançados à sorte e ao vento
Esquecidos no firmamento
Esperando tudo se acabar

Tantos excessos vividos
Tantos corações corrompidos
E tantos sonhos perdidos
E agora, tudo irá terminar

Proteja-me do que eu quiser
Proteja-me, proteja-me
(Proteja-me, proteja-me)

Proteja-me, proteja-me
Proteja-me de meus desejos
Proteja-me, proteja-me…

Proteja-me do que eu quiser
Proteja-me, proteja-me

Proteja-me do que eu quiser
Proteja-me, proteja-me

Proteja-me, proteja-me, proteja-me…
Proteja-me, proteja-me, proteja-me…

Proteja-me!

"Protége-moi de mes désirs..."

[João Dias.]

Anúncios

Responses

  1. Bela homenagem.

    Essa música é muito bonita.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: