Publicado por: joaobdr | 15/07/2012

“Bad Day”

Algumas vezes, passamos por determinadas fases da vida em que tudo parece meio tedioso e confuso, e após algum tempo, essas fases se tornam uma parte um tanto embaçada em nossa memória; sem relevância, e praticamente vazias.

Pelo menos, existem algumas coisas que podem fazê-las virem à tona, depois de tanto tempo. Um simples poema, por exemplo, ou mesmo uma canção que costumávamos escutar incessantemente naquela época.

Esta é “Bad Day“, escrita no final de minha adolescência, já em transição para a fase adulta. As coisas ainda eram um tédio só, ou pelo menos pareciam ser. Devia ser coisas da idade. -tsc tsc…jovens!-

 

“Bad Day”

Today is so strange the air around me
It seems there’s no friend to come along with me
I look at the sky and the clouds are grey
And nothing seems to go my way

Here’s my headache coming again
Dreaming and dreaming is the only way to stand
The reality that I’m forced to face
Every night and day, every now and then

Today is so strange the air around me
It seems nothing really belongs to me
Then I look at the ground, feeling the haze
It seems the good things have taken other way

Here’s my anger coming again
Dreaming and dreaming is the only way to stand
The happiness that I’m forced to fake
When the things are grey, when I’m awaken

 

[Por: João Dias]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: